terça-feira, 17 de abril de 2012

ALIENAÇÃO


Penso que o problema MAIOR não é ser ou estar alienado, mas compactuar ou defender aquilo que, de certa forma, lhe aliena. Até porque alienados, quase todos nós somos, desde o dia em que nossos pezinhos tocaram o solo do capitalismo, e a engrenagem deste não funcionaria com tamanha perfeição se não existisse o tripé que lhe sustenta: alienador + alienação + massa alienável = dinheiro. Entretanto, a consciência da existência de algo que lhe oprime pode ser considerado o primeiro passo em direção à liberdade, todavia vale ressaltar que não se pode fazer uma grande caminhada com apenas um passo, e a liberdade nada mais é do que uma grande caminhada rumo a independência de ideias, ações, metodologias, palavras...

4 comentários:

  1. O mais estranho das pessoas que estão alienadas é que em sua grande maioria elas mesmas não concordam, não acreditam...porém querem vender um peixe que nem elas próprias comprariam...veja que coisa engraçada.

    Minha sábia avó dizia: Minha filha HIPOCRISIA as vezes é um virtude...

    Hoje compreendo cada misera letra dessa palavra.... o que nos resta é apenas ficar de espectadores desse fim de mundo onde estamos inseridos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você e com a sua avó, risos...
      Acredita que eu comprei um peixe verde e, misteriosamente, suas escamas adquiriram uma coloração laranja? Na verdade, descobri que o peixe está podre, mas breve me livrarei dele...
      Obrigado pelo comentário enriquecedor, pelo visto você capturou a mensagem.

      Excluir
  2. Marx já lembrava que não somos nem totalmente livres nem totalmente determinados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso aí, colega. Karl Marx é um bom teórico nesse assunto.

      Excluir

Assim que eu ler o seu comentário, responderei-o imediatamente. Grato pelo carinho.